Em formação

Tomate coração de boi: cultivo e receitas

Tomate coração de boi: cultivo e receitas


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Tomate coração de boi, protagonista de muitas receitas, não só no verão mas sobretudo no verão. É um alimento muito saudável, rico em vitaminas, contém muita água portanto quando está quente, hidrata, mas não contém só água, por isso dá o seu contributo em termos de energia e sobretudo vitaminas e minerais.

Tomate coração de boi: cultivo

Chegou do exterior, dos Estados Unidos, seu país de origem, por volta de 1500 e se espalhou pela Europa, principalmente em lugares onde a o clima é temperado e ensolarado. Em primeiro lugar, a Itália. Na verdade, é fácil ver o tomate para bife tanto em jardins como em jardins privados. Podemos cultivar nós mesmos se tivermos um pequeno espaço verde: não é difícil.

O clima mediterrâneo que a Itália desfruta é perfeito para o tomate para bife requer uma temperatura média de cerca de 23 graus, se for mais longe, corre-se o risco de o tomate ficar danificado ou descolorido, perdendo também o seu sabor e propriedades.

As sementes de tomate bovino também estão disponíveis online, um sachê na Amazon custa menos de 2 euros, uma vez bem cultivado, pode ser colhido de março a julho, ou de junho a setembro, dependendo se é uma safra de primavera ou outono.

Tomate coração de carne: calorias

Existem tomates deste tipo de vários tamanhos, em média alguns deles podem conter 32 calorias. Isso é apenas para deixar claro que mesmo quem está de dieta não precisa se preocupar com esse alimento.

Tomate coração de boi: propriedades

Além do número de calorias, o tomate coração de boi é rico em substâncias interessantes e úteis para o nosso organismo. Contém sim glicose e frutose, responsável pelo seu sabor doce, mas também ácido cítrico e málico. Seu suco mata a sede e tem propriedades adstringentes e diuréticas.

Todos os tomates, este e os outros, também são bons porque são ricos em licopeno, uma substância antioxidante que retarda a proliferação das células cancerosas. Melhor consumi-los maduros, para aproveitar ao máximo os benefícios, mas o tomate para bife é sempre recomendado. Amado também por quem em geral não simpatiza com a categoria, pois a polpa é saborosa, pouco rica em água e com muito poucas sementes.

Tomate coração de boi: doenças

Algumas doenças pelas quais o tomate bife pode ser afetado são causadas porataque de fungos, oídio, por exemplo, ou o cladosporiose, podridão de nitrogênio, bolor cinza. Também existem bactérias entre os inimigos deste tomate, que podem estragá-lo fazendo com que apareçam manchas e “padrões” nas folhas e também na casca. Sem falar nos problemas que são causados ​​por vírus, favorecidos por parasitas como:afidona de batata, pulgão do feijão preto, tripes etc.

As doenças do coração de boi do tomate que danificar as raízes estão ligados à presença de elateridia ou nematóides, os frutos são visados ​​por percevejos e as folhas por aranha vermelha.

Tomate coração de carne: receitas

Saladas à parte, o tomate bife é também protagonista de receitas mais elaboradas e de inverno como aquela que o vê cozido no forno. Para 4 pessoas você precisa de 3, grandes, para serem recheados com 2 colheres de sopa de pão ralado, salsa, manjericão, tomilho e orégano. Para dar sabor, adicione um dente de alho, sal e pimenta.

Lavados e cortados em fatias, os tomates são espalhados em uma assadeira forrada com papel antiaderente levemente untado com óleo e polvilhados com pão ralado e todas as ervas e especiarias que quisermos adicione, com um fiozinho de azeite e uma pitada de sal. Então, tudo o que resta é assar no forno a 180 graus por 40 minutos.

Tomate gigante coração de boi

Existem tomates deste tipo que podem atingir dimensões impensáveis. Quanto maior a fruta, mais acentuada sua costela, isso acontece para ambos as variedades existentes: Arawak e Albenga.

O primeiro tomate coração de boi é aquele que também podemos cultivar na Itália, especialmente na Ligúria e Piemonte, assemelha-se ao formato de uma pêra e tem costelas menos acentuadas do que a variedade Albenga, que é a união de várias espécies. Suas principais características são o sabor doce ligeiramente ácido e uma forma mais estriada. Além de uma cor que parece mais laranja do que vermelha.

Se você gostou desse artigo continue me seguindo também no Twitter, Facebook, Google+, Instagram

Você também pode estar interessado em:

  • Tomate: valores nutricionais
  • Míldio de tomate
  • Tomate listrado
  • Licopeno: para que serve


Vídeo: MEUS TOMATES CEREJA E CORAÇÃO DE BOI. (Pode 2022).