Em formação

Alimentos antioxidantes: o que são

Alimentos antioxidantes: o que são

Alimentos antioxidantes, alimentos que não devem faltar em nossa dieta para prevenir o envelhecimento e para manter os tecidos saudáveis. Eles agem em nosso corpo ajudando-o a neutralizar os radicais livres.

Alimentos antioxidantes: significado

Existem alimentos mais ricos em antioxidantes do que outros, sendo particularmente apreciados, são os chamados Alimentos antioxidantes. Os elementos mais comuns que tornam esses alimentos são polifenóis e flavonóides que cuidam dos olhos e da vista, protegem-nos, mas também conseguem melhorar a circulação e promover o bem-estar do coração e dos vasos sanguíneos.

Alimentos antioxidantes: o que são

Não vamos imaginar quem sabe quais nomes e ingredientes quando falamos sobre Alimentos antioxidantes. Os kiwis já são um dos mais recomendados sendo rico em polifenóis. É por isso que nos protegem do envelhecimento e doenças degenerativas, Parkinson e Alzheimer inclusive, então vamos comê-los em abundância, principalmente entre novembro e junho e, sobretudo, de qualidade ouro: são os mais ricos em polifenóis.

Outro que entre os Alimentos antioxidantes é particularmente fácil se encaixar em um menu saudável tomate, rico em licopeno o que o torna um excelente aliado no combate ao acidente vascular cerebral, sem falar que também atua na oposição ao colesterol e no combate à hipertensão.

Muitos ficarão felizes em saber disso entre os alimentos antioxidantes também está o chocolate, ou melhor, o cacau amargo, rico em flavonóides. Melhor escolher chocolate amargo extra-escuro e orgânico, pois conterá mais antioxidantes naturais, proporcionando bom humor e regulando o colesterol e a pressão arterial.

Entre Alimentos antioxidantes também existe algum nome exótico, como Graviola. É um fruto tropical macio na polpa, recomendado por sua ação prevenção do câncer, também funciona como um antibacteriano e promove a digestão.

Alimentos antioxidantes: quais são antiinflamatórios

O romã tem uma concentração muito alta de antioxidantes, ainda maior do que Chá verde. Entre os antioxidantes contidos na romã encontramos os flavonóides, que proteja o coração e as artérias e que possuem propriedades antiinflamatórias e gastroprotetoras. Graças ao ácido elágico, a romã nos ajuda a combater os radicais livres.

A amoras têm fortes propriedades antioxidantes. O conteúdo de substâncias benéficas é maior nos mirtilos silvestres, que são considerados melhores do que os mirtilos cultivados em estufa do ponto de vista nutricional. O poder antioxidante dos mirtilos é devido ao seu conteúdo em flavonóides, que nos ajudam a prevenir doenças metabólicas, degenerativas e cardiovasculares. Além disso, eles nos protegem do câncer. Todas as bagas e frutas vermelhas, incluindo morangos e cerejas, são ricas em antioxidantes.

Entre as frutas ricas em antioxidantes semelhantes aos mirtilos, encontramos o Açaí bagas, considerados benéficos por suas propriedades antiinflamatórias e anticâncer.

Alimentos antioxidantes: quais são benéficos para a pele

Folheando a lista de Alimentos antioxidantes, os mais úteis para a pele são abacate, cenoura e bagas de goji. O primeiro, rico em vitamina A e vitamina E, além de antioxidantes, combate o envelhecimento dos tecidos. Por esse motivo, o óleo extraído é frequentemente usado para proteja a pele e torná-lo elástico.

A cenoura é sempre mencionada no verão, por causa do bronzeado, mas na verdade são Alimentos antioxidantes para comer todos os meses do ano, pois previnem doenças cardiovasculares e câncer. Vamos falar das bagas de goji: não as usamos no Ocidente há muito tempo, mas felizmente elas também vieram para nossa parte de prevenir doenças de câncer relacionadas à pele, entre suas propriedades, inclusive antiinflamatórias e protetoras da visão.

Alimentos e suplementos antioxidantes

Antes de recorrer aos suplementos, é bom dar uma olhada em nossa dieta, mesmo em conjunto com um especialista, verificando se ela está adequada distribuído e equilibrado, variado e rico em alimentos antioxidantes. Muitas vezes você pode evitar tomar suplementos e continuar comendo com prazer à mesa, pacificamente. Porém, há casos em que isso não é suficiente: é quando os radicais livres são produzidos em excesso como acontece na coincidência de um aumento da atividade física ou devido à poluição atmosférica, radiação ultravioleta ou agentes químicos. Ou por estresse.

Mesmo quando a funcionalidade das células e tecidos é comprometida pelo aparecimento de uma doença, pode ser necessário tome um suplemento. Para doenças crônicas, como distúrbios cardio-circulatórios, diabetes, câncer e doenças neurodegenerativas, como doença de Parkinson e Alzheimer.

Alimentos antioxidantes: quais são os chás de ervas

O Chá verde é o rei dos chás de ervas antioxidantes, é um antioxidantes concentrados beber com frequência e de boa vontade, encontrando polifenóis, bioflavonóides e taninos. Não vamos nos esquecer dessa bebida no verão, pois se consumida regularmente traz muitos benefícios para os ossos e cabelo, pele, sistema imunológico, também facilitando a digestão.

Alimentos antioxidantes: receitas

Não tenha medo do título: "A dieta de jejum“É um livro cheio de receitas de antioxidantes, também disponível na Amazon, da autoria de Maria Giovanna Luini, Lucilla Titta e Umberto Veronesi.

Se você gostou desse artigo continue me seguindo também no Twitter, Facebook, Google+, Instagram

Artigos relacionados que podem interessar a você:

  • Trigo sarraceno
  • Tamarindo: planta e propriedades
  • Fruta seca
  • Flavonóides: o que são
  • Como manter o bronzeado
  • Micronutrientes e macronutrientes


Vídeo: ALIMENTOS ANTIOXIDANTES - Saiba Como se Prevenir de Todas as Doenças (Junho 2021).